Fotógrafa brasileira quer capturar imagens de todos os tons de pele que existem no mundo

Por

Atualizado em 2/05/2017

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Angélica Dass A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Leia mais

A fotógrafa brasileira Angélica Dass que quebrar as barreiras da raça, etnia e tom de pele com seu mais recente projeto, que se chama Humanae. Segundo o Bored Panda, ela está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo.

Humanae ganhou ainda mais atenção no começo de 2016, graças a uma intensiva campanha nas redes sociais. Dass foi capaz de fotografar 200 retratos, enquanto viajava por 19 países diferentes. Ela seguiu um ritual de fotografar primeiro as pessoas contra um fundo branco, depois selecionando um quadrado de 11 pixels cada e combinando a cor com a correspondente paleta de cores da Pantone – que se torna o pano de fundo de cada foto.

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Angélica Dass A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Em vez de organizá-las em uma ordem de gradiente, ela mistura as fotos e as apresenta como um “mosaico”, mostrando os contrastes e semelhanças entre cada tom variado. Angélica Dass cresceu em uma família mestiça no Rio de Janeiro e tem enfrentou incontáveis ​​discriminações baseadas em sua cor de pele.

“Toda vez que eu tiro uma foto, sinto que estou sentada na frente de um terapeuta”, disse ela em um TED 2016 Talk. “Toda a frustração, medo e solidão que uma vez senti … se torna amor”, afirmou ainda. Humanae está em andamento e servirá o seu propósito até que as paredes que nos separam sejam derrubadas.

Fotógrafa quer capturar todos os tons de pele que existem no mundo

1 de 21
Compartilhe Twitter Google +

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Projeto Humanae

A fotógrafa brasileira Angélica Dass está em uma missão para provar que diversidade vai muito além dos existentes branco, preto, vermelho e amarelo

Créditos: Angélica Dass

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários