Família constrói casa dentro de domo de vidro para viver no Círculo Polar Ártico

Por

Atualizado em 4/01/2017

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Reprodução

Leia mais

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura.

O casa é feita de vários materiais orgânicos, incluindo areia, água e argila. Com isso, a família de seis integrantes fica protegida do frio, já que a redoma guarda calor, e ainda dos ventos fortíssimos que atingem a região. Além disso, dentro da casa eles tem uma horta que produz frutas e vegetais.

O domo ainda oferece uma vista belíssima e panorâmica da região. “O sentimento que temos ao andar por essa casa é diferente de qualquer outro. A atmosfera é única. A casa é calmaria”, disse Ingrid Hjertefølger ao Inhabitat.

Conheça a casa de família que mora no Círculo Polar Ártico

1 de 10
Compartilhe Twitter Google +

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

Morando em um domo

A família Hjertefølger decidiu mudar-se para uma parte remota do Círculo Polar Ártico em dezembro de 2013.Para isso, construíram uma casa com cinco quartos dentro de uma cúpula geodésica solar de 25 pés de altura

Créditos: Reprodução

 

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários