Homem aprende a tricotar aos 86 anos e cria pequenas toucas para bebês prematuros

Por

Atualizado em 23/11/2016

Este simpático vovô aprendeu a tricotar só para que bebês prematuros pudessem usar toucas quentinhas. Lindo demais!

Reprodução Este simpático vovô aprendeu a tricotar só para que bebês prematuros pudessem usar toucas quentinhas. Lindo demais!

Nunca é tarde demais para aprender um novo hobby, pode acreditar. Para Ed Moseley, um senhor simpático de 86 anos, este ditado não poderia ser mais verdadeiro. Tudo começou quando a casa de repouso onde Ed vive anunciou uma campanha com oficinas de tricotagem para aquecer bebês prematuros de uma maternidade local. Ele soube na hora que precisaria fazer parte da iniciativa, embora não fizesse a menor de ideia de como segurar agulhas de tricô. Quem nunca, não é verdade?

Em vez de se dar por vencido, Ed convidou a filha para ajudá-lo em uma das oficinas e se jogou de cabeça no universo tricô. A ideia da direção da casa de repouso era confeccionar, com a ajuda dos residentes, diversos chapéus bem fofos e quentinhos para os bebês mais frágeis. Ed aprendeu rapidamente a brincadeira das agulhas; no começo, ele levava horas para dar alguns pontos, sem sucesso. Agora, é capaz de criar um chapéu perfeito em no máximo 1h30. Por enquanto, Ed já conseguiu aquecer 50 cabecinhas de bebê.

Quentinhos e felizes!

“Eu conseguia tricotar e assistir ao noticiário ao mesmo tempo”, contou, orgulhoso, em entrevista ao InsideEdition. Ao todo, residentes da casa de repouso que se uniram a Ed produziram 300 chapéus para bebês prematuros. A ideia desse senhor tão simpático é continuar com a produção a todo vapor, entregando 30 novas peças à maternidade, mensalmente. História inspiradora para lembrar que a gente nunca passou da idade de aprender alguma coisa! <3

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários