Modelo que fotografou e expôs mulher em vestiário de academia irá a julgamento

Por

Atualizado em 18/05/2017

Leia mais

No ano passado, a ex-modelo da Playboy Dani Mathers virou notícia ao compartilhar um snap de uma mulher nua no vestiário da academia.

Dani, que não conhecia a mulher, publicou o post em seu perfil para ridicularizá-la, dizendo: “se eu não posso ‘desver’ isso, vocês também não podem”, com uma selfie dando risadas logo em seguida.

Horrível, para dizer o mínimo. A imagem, extremamente apelativa e maldosa, foi compartilhada com os milhares de seguidores de Dani Mathers; graças à viralização do post, a mulher fotografada ilegalmente, de 70 anos, teve conhecimento da piada preconceituosa da modelo e resolveu processá-la.

Mathers foi demitida em meio à polêmica e agora enfrentará a justiça. Ela é acusada de violação de privacidade, já que uma lei da Califórnia proíbe a gravação ou foto de uma pessoa identificável sem seu consentimento em ambientes privados.

Post viralizou e mulher fotografada ilegalmente resolveu processar a modelo

“Foi uma foto à distância, os traços da vítima não podiam ser identificados”, tentou argumentar a advogada de Dani Mathers, mas sem sucesso.

O juiz de Los Angeles Gustavo Sztraicher, que está acompanhando o caso, garante que a modelo não escapará do julgamento, que deve começar em 26 de maio, de acordo com o New York Daily News.

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários