Diversão

Cinema

Amanda Seyfried, sobre viver atriz pornô em Lovelace: ‘A nudez não me assustou; as surras sim’

Virgula

Por

Atualizado em 23/07/2013

Amanda Seyfried (Os Miseráveis), que vive Linda Lovelace em uma cinebiografia sobre a ex-estrela da pornografia, garante que não teve medo de ficar nua no set. No entanto, ela admite que teve receios quanto as cenas de agressão sofridas pela personagem.

“Foi um papel arriscado, mas a nudez não me amedrontou. Eu tinha mais receio de algumas surras e violências que ela sofreu. Mas ela era uma mulher corajosa, e eu nunca fui tão afetada por um papel como por este”, afirmou, em entrevista ao jornal Mirror.

“A história de Linda Lovelace é um lugar muito sombrio para se ir. Não pudemos mostrar metade do que ela passou, mas ainda assim nosso filme é uma experiência bem pungente”, disse.

A atriz admite que pensou que o filme poderia “arruinar” sua carreira, mas afirma que gosta de papéis que a amedrontam. “Era a minha chance de mostrar à indústria, de ser reconhecida”, explicou.

O filme, dirigido por Rob Epstein e Jeffrey Friedman, promete mostrar a ascensão à fama de Linda Boreman, que se tornou uma das maiores estrelas da indústria pornô após protagonizar Garganta Profunda, em 1972.

Com James Franco, Peter Sarsgaard, Chloë Sevigny e Juno Temple, Lovelace tem data de estreia programada para o próximo dia 30 de agosto no Brasil.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários

Os comentários estão fechados.