Famosos

Bafo

“Ninguém quer ter um filho homossexual”, diz Edmundo

Virgula

Por

Atualizado em 16/05/2011

Em entrevista à coluna Direto da Fonte do jornal O Estado de São Paulo desta segunda-feira (16), o ex-jogador de futebol Edmundo falou sobre o breve relacionamento com Cristina Mortágua, mãe de seu filho Alexandre, que assumiu recentemente ser gay.

“Sempre gostei pra caramba de mulher. Até mais do que deveria. Mas quando maria-chuteira se aproveitava de mim, eu me aproveitava dela também. Acho até que, de verdade, tive pouco filho fora do casamento. Eu era recém-casado com minha ex-mulher e, durante uma noitada, engravidei a mãe do Alexandre – hoje com 16 anos. Não tivemos um relacionamento”, declarou ele, ao se referir à ex-modelo.

Comentarista esportivo da Band, Edmundo disse também que ela foi uma excelente mãe para o filho. “Fui ausente, não posso agora querer ser o salvador da pátria. Muito da coisa psicológica dele é fruto da ausência do pai”, desabafou o ex-craque.

Sobre o fato de Alexandre ser homossexual, Edmundo não se mostrou 100% feliz. “Ele nunca me falou: ‘Pai, sou gay’. Mas claro que não sou idiota, ele tem aparência total. E vi a mãe dele falando na TV. Mas não muda nada. Respeito e admiro igualmente. Tenho muitos amigos gays. Mas é claro que quando é com o outro é mais fácil, mais legal. Quando é na nossa família fica mais difícil. Por mais que não seja preconceituoso, ninguém quer ter um filho homossexual, até pelo preconceito que ele vai sofrer”.



Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários

Os comentários estão fechados.