Quem é Lorenzo Carvalho, o mais famoso brasileiro em Portugal hoje

Qualquer um pode compor um funk ostentação, mas poucos serão tão honestos em seus versos quanto Lorenzo Carvalho, de 22 anos. Filho de mãe brasileira e pai luso-brasileiro, o rapaz nascido no Brasil, criado em Milão e, que atualmente vive em Portugal, é um herdeiro bilionário, que virou pauta depois de dar uma festa de aniversário nada modesta, estimada em mais de R$ 1 milhão, que contou com a presença de Pamela Anderson.

Morando há cerca de um ano em Estoril, Portugal, a ostentação do rapaz, cuja família fez dinheiro com negócios relacionados à mineração e aos cosméticos, causou polêmica na imprensa do país cujo índice de desemprego chega a 40%. E ele não precisou atropelar e matar ninguém com um Porsche para conseguir isso, apenas deu uma festa. Alçado a símbolo da desigualdade social, o jovem foi convidado a dar entrevistas para “se explicar”. Entretanto, quem afinal é Lorenzo Carvalho, hoje o mais famoso brasileiro em Portugal?

VEJA+

“Nascido no Brasil / Criado na Europa / Rodei o mundo inteiro / Soube tirar a minha onda / Ando de Ferrari e a cor pode escolher (...) O colar é de diamantes e a pulseira é também / Rolex Presidente que quase ninguém tem ...”, diz o próprio em funk que ele canta em uma entrevista concedida a jornalista Conceição Lino, do programa Boa Tarde.]

Escute o funk ostentação de Lorenzo:

O visual, todo tatuado, compõe a imagem do jovem. “Minha paixão pelas tatuagens começou aos 13 anos, quando eu falei: ‘Mamãe, mamãe! Quero fazer uma tatuagem’, e ela falou: ‘Claro que não!’. Quando eu quero alguma coisa eu vou até conseguir. Fiz a tatuagem, cheguei em casa e falei: ‘Mãe, desculpa’ (risos)”, disse ele à jornalista Conceição.

VEJA+

Carvalho, ou Carvaglio, como ele escreve em seu perfil no Facebook, nasceu no Brasil, mas se mudou para Milão ainda criança, depois que seus familiares (avós e tios por parte de mãe) morreram em acidentes trágicos.

Na Itália, o jovem estudou até os 15 anos, quando resolveu abrir seu próprio negócio. “Estudar é importante para quem quer ter um futuro tipo médico (...) Quando eu tinha 15 anos, eu quis ter uma loja de videogames (...) Depois de um ano, eu consegui abrir outras duas lojas no centro de Milão, mas eu não estava mais vivendo, só trabalhava. Eu entrava às 8h e saía às 20h. Nesse momento, eu me arrependi de ter largado a escola, mas eu vendi as lojas e arrumei outros negócios que me interessavam mais”, resumiu Carvalho em entrevista ao programa da TV portuguesa Boa Tarde.

A imagem de trabalhador não convence muitas pessoas, e a jornalista Judite de Souza o jogou contra a parede em entrevista que questionou seus gastos e comportamento. A âncora do Jornal das 8 acredita que o jovem tenha pago uma pequena fortuna para ter Pamela Anderson em sua festa, coisa que Carvalho negou. “Ela é minha amiga e eu apenas paguei sua passagem de avião e estadia, assim como fiz com meus outros amigos que não são de Portugal”, disse ele.

Judite também questionou se as tragédias que mataram seus familiares não seriam assassinatos e perguntou o quanto ele pagava para correr. O jovem integra a equipe de GT3 da Ferrari cuja participação nas corridas é vendida e pode custar um milhão de euros. No entanto, Carvalho alega que tem patrocinadores e, por isso, não precisa pagar.

Enquanto alguns portugueses gastam seu tempo opinando sobre como o jovem milionário deveria agir por ser rico, Carvalho segue sua vida sem sustos. Ao ser questionado sobre seus planos futuros, ele não tentou impressionar. “Eu não gosto de pensar muito no futuro. Eu só tenho 22 anos e eu não posso imaginar o que vai acontecer daqui 5, 10, 15 anos. Do mesmo jeito, o meu objetivo para o futuro é manter essas festas meio malucas que eu faço”, disse ele.

Para quem ficou curisoso de como foi a tal festa, o jovem divulgou, em seu canal no Youtube, um vídeo com imagens da sua comemoração de 22 anos.

Você também pode gostar de:

Comentários:

Álbuns em destaque

TOP 3+ LIDAS

Últimas Notícias