Coreia do Norte coloca Yorkshire Terriers em zoológico

Redação

Por

Atualizado em 2/03/2014

Um zoológico na Coreia do Norte já recebeu a sua mais nova atração animal – uma porção de Yorkshire Terriers. Os cães em miniatura foram introduzidos no zoológico Central da capital Pyongyang, segundo a mídia estatal.

A agência Central de Notícias da Coreia (KCNA) disse ao site Orange que os cães estão agora aprendendo “várias proezas”, embora não entrou em detalhes sobre o tipo de truques que estes animais poderiam realizar.

Os norte-coreanos não estão familiarizados com essa raça, criada para apanhar ratos e camundongos em torno de fábricas de vestuário na Inglaterra, e, assim, receberam um manual prático para lidar com o animal de estimação. “Todos têm pelos compridos, coloração castanha na cabeça e pernas e um tom de cinza azulado em seu corpo”, informou a KCNA.

“Eles têm em média 22 a 24 centímetros de altura e pesam cerca de 3 kg. Os cachorrinhos vivem aproximadamente 14 anos.”

Uma imagem liberada pela KCNA mostra três Yorkshire Terriers aparentemente em boas condições. No entanto, o Zoo Central enfrenta uma situação muito precária. A pior situação seria a dos grandes felinos, quase todos presentes de líderes comunistas, mantidos em instalações lamentavelmente inadequadas, de acordo com protetores de animais.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários