Inacreditável

Meninos e meninas lutam por dinheiro em ringue na Tailândia

Virgula

Por

Atualizado em 10/02/2012

Socos, pontapés e outros golpes de luta como boxe e MMA. No ringue, praticando tudo isso, crianças de cerca de seis anos, que tentam entreter adultos ávidos por “diversão” em suas férias na Tailândia. O “espetáculo” tem sido frequente e rende valores em dinheiro aos pais dos pequenos lutadores. 

As lutas acontecem em bares e locais onde também é possível encontrar prostituição, principalmente infantil.  “As crianças são treinadas para não ter misericórdia do oponente e atacá-lo mesmo que este caia no chão inconsciente. Essas crianças são pequenas, mas resistentes e bem treinadas. A potência e a precisão atrás de seus golpes é aterrorizante. É realmente assustador ver elas lutando sem capacete ou proteção”, contou o cineasta Todd Kellstein ao The Sun.

 

Todd assistiu a cerca de 300 lutas enquanto fazia a pesquisa pra seu filme “Buffalo Girls”, que mostra o que acontece nesses bares da Tailândia e vem sendo bastante aclamado nos festivais de cinema. “Em um dos bares que visitei estavam cerca de 70 turistas que aparentavam ser britânicos e alemães”, relatou. 

Segundo ele, cerca de 20 crianças fazem parte dos embates, a maioria com idade entre nove e dez anos. “Vi um garoto de 11 anos de idade ser chutado tão forte no rim que caiu no chão como uma pedra. Sua família correu para o ringue e resgatou-o, levando-o para o hospital às pressas. Não tenho ideia do que aconteceu depois”, lembrou. 

Depois das filmagens, Todd afirmou que sua intenção com o filme não era condenar às lutas, pois elas proporcionam uma forma alternativa de ajuda às crianças pobres, que acabam caindo na prostituição pela falta de recursos financeiros da família. “Ao final de tudo decidi que não era meu trabalho julgar a cultura de outro país”. 

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários

Os comentários estão fechados.