50 Cent quer que Diddy pare de abusar do nome de Notorious B.I.G.

50 Cent largou uma bomba no mundo do rap americano antes de viajar para o Brasil nesta semana. O astro do hip hop está apoiando uma petição virtual para que o rapper e produtor Sean Combs (também conhecido como Puff Daddy, P. Diddy, Diddy, etc...) pare de abusar da memória de seu antigo parceiro Notorious BIG, ou Biggie Smalls, assassinado em 1997.

Notorious BIG morreu na Califórnia com quatro tiros no peito, vítima da rivalidade entre rappers das costas Leste e Oeste. Essa rixa também levou à morte de outro rapper lendário, o influente Tupac Shakur, popularmente conhecido como 2Pac.

Desde a morte de Biggie (cujo nome verdadeiro era Christopher George Latore Wallace), que Sean "Diddy" Combs faz clipes com as imagens do antigo parceiro, muitas vezes usando samples de sua voz e de suas faixas nas músicas que lançou desde o assassinato de Smalls.

No seu mais novo lançamento, Combs se uniu a Jay Electronica na música The Ghost Of Christopher Wallace, mais uma "homenagem" vinda de Diddy usando o nome do falecido, exatos 13 anos depois do trágico episódio.

Revoltado, 50 Cent entrou na briga e divulgou a petição virtual para que Diddy pare de explorar a imagem de Biggie em seu próprio benefício. Leia abaixo o texto traduzido da petição:

"Tudo tem limite. Diddy não pode ter carta branca para fazer o que quiser com o nome de Biggie Smalls. Ouça a nova música dele, The Ghost Of Christopher Wallace, e entenda. Avise o Diddy para deixar o B.I.G em paz. Quando foi a última vez que ele realmente estava elevando seu irmão, em vez de pensar só em aumentar sua conta bancária?"

Você também pode assinar a petição pelo Twitter clicando aqui.

Comentários: