Ex-vocalista dos Sex Pistols chama Radiohead e Coldplay de mercenários

Fonte: reproducao

Por mais irônico que possa parecer, o ex-vocalista dos Sex Pistols, Johhny Lydon, chamou os britânicos do Coldplay e do Radiohead de mercenários, acusando-os de só se importarem com o dinheiro de sua leal base de fãs.

Aquele que um dia foi conhecido como Johnny Rotten disse em recente entrevista que as bandas lideradas por Thom Yorke e Chris Martin "não têm alma", fazendo referência ao processo de composição das duas formações.

"O Coldplay e o Radiohead me incomodam demais porque eles não têm alma", comentou Lydon. "Me parece algo muito sem sentido. É até legal, mas é muito bobinho. Eles não se importam com você, mas sim em alinhar suas somas de dinheiro. Não há nada de alma, nem de coração."

O comentário é muito curioso ao vir de Lydon, que arquitetou em 1996 a volta da banda que nunca voltaria, em uma turnê sugestivamente chamada de Filthy Lucre Tour ("turnê do lucro sujo", em bom português). Mais irônico ainda é saber que a banda (e o empresário Malcolm McLaren) vendeu o catálogo de discos do grupo para a gravadora Universal Music em 2006 para que o selo o use como bem entender.

Vale lembra também que o Radiohead distribuiu seu mais recente álbum In Rainbows em um esquema "pague o quanto quiser" em seu site oficial, enquanto o Coldplay recentemente deu um EP ao vivo para todos os fãs que foram aos shows de sua turnê americana, além de ainda distribuir a versão digital do compacto gratuitamente via internet.



Comentários: