Angelina Jolie retirou as mamas para evitar câncer; veja famosas que superaram a doença

A atriz Angelina Jolie revelou ter feito uma dupla mastectomia preventiva em entrevista ao New York Times desta terça-feira (14). Ela resolveu se submeter ao procedimento após ter feito uma série de testes e descoberto que tinha 87% de chance de ter câncer de mama e 50% de ter câncer no ovário.

"Decidi ser proativa e reduzir o risco o máximo que eu podia", afirmou a atriz, mãe de seis filhos.

No artigo intitulado My Medical Choice (minha escolha médica), Jolie explicou que sua mãe lutou contra o câncer por quase uma década, mas morreu aos 56 anos, vítima da doença.

"Minha mãe lutou contra o câncer durante quase uma década e morreu aos 56 anos. Ela viveu o tempo suficiente para ver o primeiro de seus netos e pegá-lo em seus braços. Mas, meus outros filhos nunca terão a oportunidade de conhecê-la e nem a experiência de saber o quanto carinhosa e amável ela que era".

A atriz, que afirmou que o processo de retirada dos seios começou em fevereiro e foi completado em abril, disse na matéria que quis garantir aos filhos que a mesma doença não a tiraria deles. "Mas a verdade é que eu tenho um gene falho, o BRCA1, que aumenta consideravelmente minhas chances de desenvolver câncer de mama e câncer de ovário", disse.

Angelina ainda declarou querer servir de exemplo para outras mulheres: "Quero estimular cada mulher, especialmente se você tem um histórico familiar de câncer de mama ou de ovário, a procurar informações e especialistas médicos que podem lhe ajudar nesse aspecto de sua vida e a fazer sua própria escolha informada", comentou. 

Veja na galeria acima as famosas que superaram o câncer de mama.

Você também pode gostar de:

Comentários: