Ator americano afirma: "A homossexualidade é algo prejudicial e destrutivo"

Fonte: Getty Images

Depois de se tornar conhecido como ator mirim na série Growing Pains, no fim dos anos 80, Kirk Cameron se tornou um cristão ferovoroso, e na última sexta-feira (2) deu uma entrevista polêmica em que chamou a homossexualidade de algo "prejudicial e destrutivo".

Em entrevista ao jornalista Piers Morgan, da CNN, Cameron disse ser totalmente contra o casamento gay, por acreditar que vai contra as regras estabelecidas por Deus.

"O casamento é quase tão velho quanto a poeira, e foi instituído no jardim por Adão e Eva. Um homem e uma mulher por toda a vida, até que a morte os separe", disse.

"Eu nunca tentaria redefinir o casamento, e não acho que ninguém mais deva. Então, se eu apóio o casamento gay? Não, não apóio".

Morgan então perguntou a Cameron se ele acha que a homossexualidade é um pecado, e o ator pegou pesado na resposta.

"A homossexualidade não é algo natural. Eu acho que é prejudicial, e altamente destrutivo para vários pilares da nossa civilização", respondeu.

Assista a um trecho da entrevista (em inglês) abaixo:

Você também pode gostar de:

Comentários: