Perca medidas e defina a musculatura do abdome praticando bambolê!

Redação

Por

Atualizado em 13/12/2011

Aula de bambolê

1 de 18
Compartilhe Twitter Google +

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Créditos: gabriel quintão

Aula de bambolê

Patrícia Arnosti

Créditos: gabriel quintão

Tem quem ache que os lúdicos bambolês ficam restritos às brincadeiras de criança, mas eles acabaram por invadir o mundo dos adultos e vem conquistando cada vez mais adeptos devido aos vários benefícios que oferecem a quem pratica. Portanto, esqueça aquele circulo levinho usado pela molecada durante as brincadeiras depois da escola, o bambolê passou a ser uma modalidade de exercício capaz de eliminar muitas calorias, afinar cintura, definir abdome, ajudar a coordenação motora e, ainda, diminuir o stress da correria do dia a dia.

A professora de dança com bambolê, idealizadora do Projeto Bambodança, Patricia Arnosti, explica que a um exercício de cerca de uma hora queima entre 400 e 600 calorias e pode ser praticado por pessoas de todas as idades. Ou seja: não tem contra indicação! “O que começa como uma grande brincadeira, acaba sendo uma maneira e tanto de manter a forma. Por mais que exista um esforço físico para manter o bambolê em movimento, a pessoa acaba nem percebendo que está fazendo um exercício tão eficiente, pois é muito divertido”, explica Patrícia.

A jornalista Julia Baptista é uma das adeptas da prática que a ajudou a perder medidas desde que começou em setembro: “Em dois meses praticando bambolê, junto com sessões de massagem redutora e modeladora, perdi vinte centímetros de quadril, além de perdas calóricas gerais. Descobri que a prática do bambolê, além de um ótimo exercício físico, é uma atividade muito relaxante e desestressante”, conta.

Além de todo benefício físico, o bambolê ainda possibilita uma interação com a natureza, pois também pode ser praticado ao ar livre. 

Quem quer começar a praticar e não sabe como começar, vale saber que hoje em dia existem bambolês customizados para venda (a professora Patrícia fabrica e vende), blogs especializados no assunto, vídeos tutoriais e até mesmo encontros virtuais para aqueles que querem praticar com mais pessoas, mas não têm como se deslocar pela cidade. Portanto, não há desculpas. Basta adquirir seu bambolê e começar!

Veja na galeria como começar a bambolear no tutorial que a professora Patricia Arnosti preparou para você e também assista ao vídeo abaixo:

Perca medidas e defina a musculatura do abdome praticando ba

Saiba mais:
www.bambodanca.wordpress.com

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários

Os comentários estão fechados.