Com Tinariwen, Herbie Hancock e brasileiros, MIMO consolida trajetória internacional

Por

Atualizado em 24/07/2017

O grupo tuaregue Tinariwen, do deserto do Mali

Divulgação/MIMO O grupo tuaregue Tinariwen, do deserto do Mali

Leia mais

O festival MIMO realizou neste final de semana (de sexta, 21, a domingo, 23 de julho) sua segunda edição na charmosa cidade portuguesa Amarante.

O festival consolidou a sua trajetória internacional com nomes como o grupo tuaregue Tinariwen, do deserto do Mali, e Herbie Hancock, um dos mais importantes pianistas e compositores da história do jazz, que fez um concerto exclusivo. Atrações brasileiras, como a cantora Céu, a banda Nação Zumbi, Rodrigo Amarante, Hamilton de Holanda e o cantor Jards Macalé, também fizeram shows destacados.

“Amarante recebeu o MIMO de braços abertos e este ano quisemos retribuir reforçando a programação artística. Fizemos uma grande aposta e estamos muitos felizes porque é notória a satisfação do público. Além disso, é visível o impacto económico que o festival tem na cidade e no turismo da região Norte. Recebemos muitos elogios pelas propostas artísticas que fizemos, mas também pelo programa MIMO Sem Barreiras que desenvolvemos com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que tornou o festival mais acessível a todos”, afirmou Lu Araújo, a diretora do MIMO Festival.

Com entrada gratuita, o line-up incluiu ainda o músico e compositor português Manel Cruz. Eclético, o festival reúniu jazz, música erudita, popular e eletrônica, além de ter promovido exibições de cinema, workshops, etapas educativas e Chuva de Poesia.

Aproveitando o ensejo, foram confirmadas três atrações, que se apresentarão na edição deste ano, também no Brasil. Serão elas: a londrina Ala.Ni, que foi vocalista de Andrea Bocelli, Mary J. Blige e Blur, até sair em carreira própria, a baterista e compositora Anne Paceo, uma das maiores figuras do novo cenário do jazz francês, e o português Manel Cruz, vocalista, guitarrista e letrista que ganhou notoriedade, na década de 1990, como integrante da banda de rock Ornatos Violeta.

Está confirmada ainda, para a edição do MIMO 2017, no Brasil, a participação da cantora portuguesa Teresa Salgueiro, que ficou conhecida como vocalista do grupo Madredeus. Na edição 2017 de Portugal, estiveram nomes como Nação Zumbi, Céu, Jards Macalé, Herbie Hancock e Tinariwen, entre outros. O MIMO Festival Amarante é uma realização da Lu Araújo Produções, Musickeria e Araújo & Bartilotti Artes.

Além de Amarante, cinco municípios brasileiros recebem o MIMO este ano, sendo que serão quatro festivais e dois circuitos (edições menores). São eles o Circuito Mimo Tiradentes, 28 e 29 de setembro; Circuito Mimo Ouro Preto, 29 e 30 de setembro; Mimo Festival Paraty, 6 a 8 de outubro; Mimo Festival Rio de Janeiro, 10 a 12 de novembro; e o Mimo Festival Olinda, de 17 a 19 de novembro.

Amarante abrigou, além dos concertos, as etapas que marcam a história do evento como iniciativa sociocultural: Festival MIMO de Cinema, Fórum de Ideias, Chuva de Poesia e a Etapa Educativa, que compreende workshops, oficinas e máster classes.

Palco da estreia internacional do MIMO Festival, a charmosa cidade, que é Distrito do Porto, está localizada no Norte de Portugal. Distinguindo-se pelo patrimônio cultural e natural da região do Tâmega e Sousa e o intenso fluxo turístico, Amarante é conhecida por seu belo casario, as igrejas seculares e a produção do apreciado vinho verde. A edição deste ano vai contar com 52 atividades, entre música, cinema, Etapa Educativa, Fórum de Ideias e poesia.

Novidade este ano foi o apoio da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa e a criação do programa “MIMO Sem Barreiras”, que tem como objetivo facilitar a acessibilidade, a integração e a mobilidade de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, durante o festival em Amarante. Para tal, haverá, por exemplo: informações em braile e guias videntes para acompanhar deficientes visuais; guias intérpretes de libras para atender surdos e/ou mudos, e, uma área reservada para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida nos locais ao ar livre.

O MIMO Festival tem como promotores a Turismo do Porto e Norte de Portugal, Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e Câmara Municipal de Amarante e conta com o patrocínio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A Fundação Millennium bcp é a patrocinadora da Etapa Educativa. No Brasil, o MIMO Festival 2017 conta com o patrocínio do Ministério da Cultura, Bradesco e FS Security.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários