Sem coreografia e figurino, One Direction estabelece novo padrão para boy bands, dizem fãs brasileiros

Niall Horan, Zayn Malik, Liam Payne, Harry Styles e Louis Tomlinson. Se você é pai de adolescentes, guarde os nomes desses rapazes. É provável que sua filha os ache bem mais legal que você e tenha uma queda por um deles, ou vários deles.


Fenômeno mundial, a boy band inglesa One Direction também tem seus seguidores em nosso país. Como na música do Chico Buarque: "Você não gosta de mim, mas sua filha gosta".

"Eles são incríveis, talentosos, lindos e têm uma história bem bacana", derrete-se Marcela Bonafé, 16 anos, do site e fã-clube One Direction Brasil. A reportagem do Virgula Música ouviu o grupo, que está sempre ligado em cada movimento dos rapazes e promove encontros temáticos. "Basicamente, falamos da banda o tempo todo", entrega Ruth de Mello, 16.

A maioria dos fãs ouvidos começou a gostar no grupo ainda no X Factor, reality show musical que revelou os integrantes separadamente e depois os juntou. "Quando minha prima me mostrou o 1D pela primeira vez, eles ainda estavam no X Factor e procurei saber mais sobre eles. Ao ver os vídeos deles cantando, conhecer melhor a história de como eles foram formados e tudo o que precisaram superar para alcançarem o sucesso, não tive como não virar fã", aponta Marcela. 

"Eu sempre achei muito inspiradora a força de vontade que eles tiveram durante o X Factor e como eles se dâo muito bem juntos", avalia Afonso Braga, 20, único rapaz do grupo, que destaca a maneira como o 1D se relaciona com os fãs, principalmente no Twitter, como um dos motivos do sucesso.

Para Bianca Santos, 19, eles se afastaram dos velhos clichês das boy bands. "Eles não tentam imitar ninguém e não se baseiam em nenhuma boy band passada. Só buscam ser sempre eles mesmos". Gabriela de Almeida, 14, concorda: "Apesar de ser uma boy band, o One Direction quebra o estereótipo. Eles não dançam e nem usam roupas iguais, algo inovador que acabou criando um novo padrão para as boy bands", afirma, antes de apontar outro elemento que conta para os fãs da banda, o bom humor. "Eles são extremamente brincalhões o tempo todo."

Evelyse Gabriele, 21, a mais velha do grupo, também destaca o clima de camaradagem como fator determinante para banda dar certo. "A irmandade que eles têm um com o outro, a convivência que aparentam ter, os jeitos diferentes e engraçados, e claro, o talento que não se compara a nenhuma boy band atual."

Neste sábado (04), o One Direction Brasil fará mais um encontro, desta vez no Rio de Janeiro e os participantes tentarão reproduzir o mesmo clima descontraído que o 1D passa em suas músicas, vídeos e shows, além de tentarem algum contato com os rapazes. "Gravamos vídeos cantando e dançando para tentar fazer com que os meninos vejam. É sempre bem divertido", conta Marcela.

Mas nem só de 1D vivem os integrantes do fã-clube, Marcela também gosta de Veronicas, Ed Sheeran, Olly Murs e Cher Lloyd. Bianca curte Kelly Clarkson, Avril Lavigne, Bridgit Mendler, Justin Bieber, Demi Lovato, Paramore, Maroon 5, Ed Sheeran e Little Mix.

Com o gosto mais eclético do grupo, Giovanna Reggiolli, 17, vai de Justin Bieber a Pink Floyd. "Não gosto apenas de bandas pop, também ouço Bon Iver, Black Keys, Imagine Dragons", afirma. 

Basicamente, são fãs de música. E nunca devemos esquecer que um dia Beatles e Jackson 5 foram boy bands.

Você também pode gostar de:

Comentários:

Álbuns em destaque

TOP 3+ LIDAS

Últimas Notícias