Aplicativo monitora o tempo de espera para ser atendido em pronto-socorro em SP

Por

Atualizado em 9/03/2017

SOS PS

Reprodução

Leia mais

A espera em um pronto-socorro ou pronto atendimento pode ser extremamente longa e cansativa, seja na rede particular ou na rede pública. Para ajudar, surgiu um aplicativo chamado SOSPS – Pronto Socorro.

A proposta é facilitar o atendimento nos hospitais. O app é gratuito para pacientes e oferece uma estimativa do tempo de espera para serviços de Pronto-Socorro e Pronto Atendimento Clínico Adulto e Infantil.  O foco do aplicativo são pacientes em condições clínicas que não representam urgência ou emergência. Disponível para Android e iOS, ele monitora o tempo de espera de mais de 30 hospitais privados da Grande São Paulo.

A plataforma também tem integrada um mapeamento de trânsito, calculando o tempo do deslocamento do paciente até cada hospital.

screen696x696

“Nos últimos anos, percebemos o aumento da demanda e a consequente lotação nos serviços de Pronto-Socorro. A tecnologia pode contribuir para amenizar o problema e auxiliar pacientes e hospitais”, explica Rafael Urbach, co-fundador do SOSPS – Pronto-Socorro.

Atualizado diversas vezes ao dia, o aplicativo desenvolvido pela Healthier Internet, empresa de tecnologia para a área de saúde, opera em versão piloto e monitora mais de 30 hospitais privados nas cidades de São Paulo, Barueri, Guarulhos, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

 

Drone faz imagens em hospital psiquiátrico abandonado na Inglaterra

1 de 17
Compartilhe Twitter Google +

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Hospital psiquiátrico abandonado

Uma filmagem incrível feita por um drone, na Inglaterra, mostrou como está por dentro o edifício que, por cerca de 150 anos, abrigou um hospital psiquiátrico que tinha 1500 pacientes, que foram lobotomizados

Créditos: Reprodução

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários