Câmera com tecnologia de raios UV prova que você não sabe passar protetor solar

Por

Atualizado em 29/07/2016

No verão, é sempre a mesma história: você jura de pé junto que seguiu todas as orientações da embalagem do protetor solar, reaplicou o produto depois de ter entrado no mar, esperou um pouquinho debaixo do guarda-sol… E, mesmo assim, as velhas e boas queimaduras vermelho-tomate deram as caras. O problema, na verdade, é que talvez você não esteja passando o protetor solar tão bem, assim. Parece louco mas, na hora que o líquido se mistura à pele, fica difícil perceber como algumas partes foram esquecidas no processo. E aí não tem jeito, o sol não perdoa – ainda mais no calorão do Brasil.

Câmera detecta partes do corpo em que você deixou de passar protetor solar

Reprodução Câmera detecta partes do corpo em que você deixou de passar protetor solar

David Cohen e Jon Meyer, da Voxelight, querem acabar com esse problema. Eles inventaram uma câmera com tecnologia de radiação ultravioleta para flagrar justamente essas partezinhas do corpo que sofrem com o nosso descuido. As áreas besuntadas de protetor aparecem mais escuras através da câmera, como se os banhistas estivessem brincando de passar lama na cara. As outras, esquecidas, permanecem com a mesma coloração original, em contraste com as demais- a câmera mostra um tom de cinza, como fotos em preto e branco.

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, são registrados cerca de 1 milhão de casos de câncer de pele a cada ano, contabilizados só nos EUA. O protetor com fator 30 reduz o risco em 80%, mas só quando aplicado corretamente. No geral, as pessoas costumam aplicar apenas a metade do que deveriam, o que explica um índice tão alto de câncer de pele. É aí que entra a Sunscreenr, câmera que detecta o que exatamente onde estamos errando na hora de curtir um solzinho.

“Nós criamos a Sunscreenr para proteger as pessoas que amamos. Vimos de perto o sofrimento de amigos e familiares que lutavam contra o câncer de pele. A ideia, portanto, era desenvolver algo que nos protegesse dos malefícios do sol”, explicam os inventores. Eles sonham com um futuro livre de narizes, ombros e braços queimados. Nós também, obrigada! Olha só como ela funciona, gente:

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários