Brasileira, 3% é série de língua não-inglesa mais assistida da Netflix nos EUA

João Vieira

Por

Atualizado em 17/03/2017

3% é primeira série brasileira da Netflix

Divulgação 3% é primeira série brasileira da Netflix

Leia mais

A série 3% pode ter dividido a opinião dos críticos aqui no Brasil, mas está fazendo um baita sucesso lá fora. O seriado, primeiro brasileiro original da Netflix, é a produção de língua não-inglesa mais assistida do serviço por streaming dos Estados Unidos.

A informação foi divulgada pela própria Netflix através de sua assessoria. 100% nacional, 3% tem ganhado a atenção do público em diversos países, como Austrália, Canadá, França, Itália, Coréia do Sul e Turquia.

O seriado foi dirigido por Cesar Charlone e escrito por Pedro Aguilera, e fala de um mundo pós-apocalíptico onde apenas 3% dos participantes são bem sucedidos. O elenco conta com nomes como Bianca Comparato, Rodolfo Valente e João Miguel.

Referências (ou não) da série 3% da Netflix

1 de 29
Compartilhe Twitter Google +

Referências de 3%

Criada por Pedro Aguilera e dirigida por Cesar Charlone, a série 3% conta a trajetória de jovens com aproximadamente 20 anos que vivem “do lado de cá”, lugar aparentemente miserável e sem recursos tecnológicos em algum canto do Brasil. Estes jovens participam de um processo que seleciona apenas 3% de todos os candidatos para ter acesso ao Maralto, um lugar com riqueza e justiça abundante para poucos merecedores. Trata-se de uma alegoria sobre meritocracia e desigualdade. Bem brasileiro, não? Nas imagens a seguir, veja quais são (ou não) as referências da série.

Créditos: Reprodução

Black Mirror é referência de 3%?

Super bombada, a série do Reino Unido, Black Mirror (2011) apresenta o lado obscuro da vida atrelada à tecnologia. Semelhanças - Séries de um futuro distópico no qual a tecnologia é fundamental

Créditos: Reprodução

Black Mirror é referência de 3%?

Diferenças - A maior crítica de 3% é que a série fala, fala, fala, mas não mostra a vida dura “do lado de cá” e nem a tal tecnologia ultra avançada de Maralto. Black Mirror assombra mostrando uma realidade tecnológica que parece estar a cada dia mais perto

Créditos: Reprodução

Black Mirror é referência de 3%?

Diferenças - Segundo números não oficiais, a Netflix investiu US$ 40 milhões (cerca de R$ 130 milhões) em Black Mirror. 3%? "Apenas" R$ 10 milhões ¯\_(ツ)_/¯ . Conclusão - Protagonista da série, Bianca Comparato já declarou que “Black Mirror” tem uma certa proximidade com 3%. Pois é Bianca, pode ser uma referência, mas está bem distante em termos de estrutura...

Créditos: Reprodução

Malhação é referência de 3% ?

Sim, na web, há pessoas que comparam a série adolescente Malhação com suas 24 temporadas e a novata 3%

Créditos: Reprodução

Malhação é referência de 3% ?

Semelhanças - As duas histórias mostram angústias adolescentes. No caso de 3%, vestibular e busca por um boa colocação profissional é uma alegoria. Línguas afiadas dizem que as atuações de 3% lembram as atuações dos novatos atores da Globo atuando em Malhação

Créditos: Reprodução

Malhação é referência de 3% ?

3% é s

Créditos: Reprodução

Jogos Vorazes é referência de 3%?

3% surgiu em 2009, criada pelo então estudante do curso de Cinema da USP, Pedro Aguilera. O sucesso no YouTube do piloto de 3% veio antes de Jogos Vorazes.

Créditos: Reprodução

Jogos Vorazes é referência de 3%?

Semelhança - As duas produções falam de um futuro apocalíptico e uma garota corajosa é a protagonista.

Créditos:

Jogos Vorazes é referência de 3%?

Conclusão - Não é uma referência direta. Possuem focos distintos

Créditos: Reprodução

Power Rangers são referências para 3%?

HAHAHAHAHAHA. Calma, passe para a próxima foto para explicações

Créditos: Reprodução

Power Rangers são referências para 3%?

Semelhanças - Zordon recruta adolescentes e orienta para que eles se tornem defensores da Terra contra ameaças alieniginas, os Power Rangers. Ele faz isso em um tubo/tela.Já em 3%, Ezequiel (João Miguel) é o chefe do Processo de recrutamento e algumas vezes dá recados por meio de telas.

Créditos:

Power Rangers são referências para 3%?

3% é primeira série brasileira da Netflix

Créditos: Divulgação

Divergente é referência de 3%?

Mais uma vez, a série brasileira veio primeiro. 3% surgiu em 2009. Tal qual Jogos Vorazes, Divergente fala sobre um futuro apocalíptico e uma garota é a protagonista

Créditos: Reprodução

Divergente é referência de 3%?

Semelhança - Divergente fala sobre um futuro apocalíptico e uma garota corajosa é a protagonista

Créditos: Reprodução

Divergente é referência de 3%?

Conclusão - Não é uma referência direta. Possuem focos distintos

Créditos: Reprodução

Lost é referência de 3%?

Lost usava flashbacks para contar a origem e desenrolar das histórias dos personagens

Créditos: Reprodução

Lost é referência de 3%?

Lost usava flashbacks para contar a origem e desenrolar das histórias dos personagens

Créditos: Reprodução

Lost é referência de 3%?

O recurso de flashback é utilizado em quase todos os episódios de 3%. Concusão - Pode ser uma referência indireta

Créditos: Reprodução

Laranja Mecânica é referência 3%?

No filme, Alex (Malcolm McDowell) lidera uma pequena gangue de arruaceiros (Pete, Georgie e Dim) chamada de drugues. Descontente com os roubos de Alex, Dim esmaga uma garrafa de leite em seu rosto, deixando-o atordoado e sangrando. Alex é capturado e espancado pela polícia.

Créditos: Reprodução

Laranja Mecânica é referência 3%?

Na série, Marco (Rafael Lozano) é um líder nato e tem confiança que irá passar no Processo, já que toda sua família foi aprovada em anos anteriores. Por ter certeza de que faz parte de uma elite ‘merecedora’, o jovem forma uma gangue para roubar comida e obter privilégios. Quando Rafael ( Rodolfo Valente) deixa de segui-lo, os oprimidos conseguem contra atacar a gangue de Marco. Em seguida, ele é espancado.

Créditos: Reprodução

Laranja Mecânica é referência 3%?

Conclusão: Rafael Lozano lembra fisicamente Malcolm McDowell e as gangues carregam bastões. Pode ser uma referência indireta

Créditos: Reprodução

Big Brother é referência de 3%?

O BBB é um reality show de confinamento onde os participantes são observados por câmeras. No processo para ter acesso ao Maralto, os candidatos são observados por câmeras. No Continente ou “lado de cá” também há câmeras posicionadas para vigia para manter a ordem entre as castas

Créditos: Reprodução

Big Brother é referência de 3%?

As grandes referências para a série e que indiretamente inspiram o reality show são os livros 1984, de George Orwell e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley. O diretor de 3% sempre cita essas referências.

Créditos: Reprodução

Big Brother é referência de 3%?

Conclusão - Em 1984, ninguém escapa à vigilância do “Grande Irmão” e Admirável Mundo Novo fala da sociedade em um futuro distópico organizado por castas. Referência e inspiração direta para 3%.

Créditos: Reprodução

A Ilha é referência de 3%?

No filme “A Ilha”, há um grande complexo muito regrado nos Estados Unidos, no futuro distópico de 2019. A população acredita que sobreviveu a um ataque de vírus mortal que devastou a Terra.

Créditos: Reprodução

A Ilha é referência de 3%?

O vírus não chega no lugar chamado de “A Ilha”. Neste lugar só tem acesso o cidadão merecedor que ganha uma “loteria”. A ideia da Ilha lembra Maralto de 3%.

Créditos: Reprodução

A Ilha é referência de 3%?

Conclusão - Descobre-se que a “A Ilha” é um local de criação de clones. Em 3% ainda não foram exploradas as possibilidades de enredo, tanto no Maralto e tanto no Continente/”lado de cá”. Será que “A Ilha” nos traz um spoiler do que esperar das próximas temporadas de 3%?

Créditos: Reprodução

Referência não é cópia

Vale a pena dar um a chance para 3%. Há algumas boas atuações, trilha sonora e uma ideia criativa para pensarmos sobre vestibular, emprego, meritocracia e desigualdades. Os furos de roteiro podem ser ajustados na segunda temporada. Você pode ter sensações de dejavu, mas a série tem uma história com boas referências e criatividade

Créditos: Reprodução

 

 

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários