Envelopegate: internet não perdoa engano no Oscar

Por

Atualizado em 27/02/2017

oscar_abc

Leia mais

Depois da confusão no Oscar, em que La La Land foi anunciado vencedor da noite como melhor filme, quando, na verdade, o premiado era Moonlight, a internet não perdoou e começou a querer investigar o que aconteceu na noite de domingo (27). Em um movimento divertidamente intitulado “Evelopegate”, todo mundo começou a questionar por que e como um erro tão grave havia acontecido em uma cerimônia como o Oscar. Claro, muita gente ficou achando que a premiação foi uma grande marmelada. Os organizadores do evento se apressaram em explicar o ocorrido: houve mesmo uma troca de fichas. Mas a história não parou por aí.

Para entender o caso, Faye Dunaway e Warren Beatty, protagonistas do clássico Bonnye e Clide – Uma Rajada de Balas (1967), que completa 50 anos de lançamento, foram convidados para anunciar o melhor filme. Beaty anunciou La La Land, chamou diretor, produtor e elenco para receber o prêmio no palco, mas, em poucos segundos, um organizador do evento interveio e acabou com a festa. “Desculpe! Houve um erro! Moonlight foi o vencedor”, disse.

Beaty ficou com cara de tacho, assim como o pessoal de La La Land. Ainda no palco, o ator explicou: “Recebi um envelope com o nome de Emma Stone como vencedora na categoria de melhor atriz. Por isso fiquei olhando para Fay e para vocês… Não quis fazer gracinha”, explicou o astro.

Pensa que não pode piorar? Pois bem. Diversos jornalistas que estavam no backstage ouviram da própria Emma Stone que o envelope que continha o nome dela esteve em suas mãos desde o momento em que ela ganhou o Oscar de melhor atriz. “Eu estava carregando o cartão do meu prêmio de melhor atriz o tempo todo. Não quero botar minhocas na cabeça de ninguém, mas qualquer que seja a história certa, eu estava com o cartão, então não sei o que aconteceu”, disse. Num close no envelope aberto por Warren, dá pra ver que ali estava escrito “best bctress in a leading Role”, ou seja, melhor atriz, e não ‘melhor filme”.

O público ficou com um grande ponto de interrogação na cabeça. O que realmente aconteceu? A Academia se apressou em esclarecer. Havia duas pessoas  responsáveis por dar os cartões aos apresentadores, um de cada lado do palco. Cada um desses responsáveis tinha um cartão de cada vencedor, ou seja: os cartões eram duplicados. Por isso, Emma tinha um nas mãos e Beaty tinha outro, graças a um engano desses entregadores.

“Os produtores que decidem qual a ordem de entrega dos prêmios. Cada um de nós tem um ‘kit completo’ com todos os 24 envelopes numa maleta. Ficamos em lados opostos do palco, a noite toda, entregando os envelopes aos apresentadores. Não parece complicado, mas é preciso ter a certeza de que você está dando o envelope certo ao apresentador”, dizia o comunicado.

Caso solucionado. Não houve fraude nenhuma, mas Warren Beaty ficou com fama de maluco e atrapalhado. Ele leu o envelope errado e não soube se desvencilhar da situação. Que climão, hein?

 

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários