Morte, traumas e braço quebrado: 11 atores que sofreram para viver papéis icônicos

João Vieira

Por

Atualizado em 12/12/2016

Essa galera sofreu MUITO por esses papéis

Divulgação Essa galera sofreu MUITO por esses papéis

Leia mais

Trabalhar com cinema é sempre bastante complicado. Quer dizer, criar um personagem completamente diferente de você em todos os sentidos não deve ser uma tarefa fácil, especialmente quando isso envolve algumas drásticas mudanças físicas.

Talvez por isso, grandes e marcantes papéis de Hollywood, como Marion Crane de Psicose (1960), tenham deixado marcas eternas em seus protagonistas. Para a produção de Alfred Hitchcock, Janet Leigh adquiriu traumas reais por conta do envolvimento com a história, como, por exemplo, ficar com medo de tomar banho.

E o que dizer de Heath Ledger, que morreu por seu Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas? Abaixo, listamos esses e outros casos marcantes desse tipo na história hollywoodiana. Confere aí!

11 atores que sofreram física e psicologicamente para viver personagens no cinema

1 de 11
Compartilhe Twitter Google +

Janet Leigh como Marion Crane em 'Psicose'

"Acreditei que a faca entrou mim. Foi tão real, que horrível. Eu podia sentir aquilo", foi o que Janet disse sobre a clássica cena do filme de Hitchcock, que fez com que a atriz ficasse com medo de tomar banho por um longo período.

Créditos: Divulgação

Adrien Brody como Wladyslaw Szpillman, ‘O Pianista’

Wladyslaw Szpilman era um sobrevivente do Holocausto no clássico filme sobre a Segunda Guerra. Brody passou quatro horas por dia praticando o piano. Ele desistiu de seu apartamento, vendeu o carro, desligou o telefone, fez as malas e se mudou para a Europa para ter a experiência de uma vida simples. Ele perdeu, ainda, 15 quilos em apenas seis semanas.

Créditos: Divulgação

Anne Hathaway como Fantine em ‘Os Miseráveis’

Anne teve que emagrecer muito para viver Fantine. Ela perdeu 15 quilos com uma dieta de alface e mingau de aveia, comendo apenas para sobreviver. Anne ficou tão magra, mas tão magra, que chegou a quebrar o braço em uma queda aparentemente inofensiva de bicicleta.

Créditos: Divulgação

Heath Ledger como Coringa em 'Batman e o Cavaleiro das Tevas'

A atuação como Coringa causou uma série de problemas ainda obscuros em Ledger. O ator foi encontrado morto em seu quarto em janeiro de 2008, e chegou a ganhar um Oscar póstumo por sua atuação no filme. A coluna Page Six, posteriormente, informou que um altar para o Coringa teria sido encontrado em sua casa

Créditos: Divulgação

Kate Winslet como Hanna Schmitz em ‘O Leitor’

No longa, Kate interpreta uma ex-guarda de um campo de concentração nazista. Ela afirmou que demorou cerca de 2 meses para eliminar o papel completamente de seu sistema. "É como se eu tivesse escapado de um acidente de carro grave e precisava entender o que acabou de acontecer".

Créditos: Divulgação

Leonardo DiCaprio como Hugh Glass em 'O Regresso'

O primeiro Oscar de DiCaprio veio com muito suor, machucados e sofrimento como Hugh Glass em 'O Regresso'. O astro colocou sua saúde e bem-estar em risco para realmente entender como seria estar ferido, congelado e sozinho na natureza. Ele comeu fígado cru, tomou banhos regulares nos rios congelados e até dormiu dentro de uma carcaça de animal

Créditos: Divulgação

Daniel Day-Lewis como Christy Brown em ‘Meu Pé Esquerdo’

Para essa atuação, Daniel, que interpreta um artista irlandês como paralisia cerebral. Viveu o tempo todo em cadeira de rodas e só era alimentado e fazia suas necessidades caso fosse atendido por um assistente, tudo isso para entender a realidade do personagem. A postura fez mal ao corpo de Day-Lewis, tanto que ele acabou quebrando duas de suas costelas durante as filmagens. Mas valeu a pena, já que Daniel faturou um Oscar de Melhor Ator

Créditos: Divulgação

Morgan Spurlock em 'Supersize Me'

No documentário, Morgan interpreta ele mesmo, e tem como objetivo comer alimentos gordurosos no almoço e nada além de fast food no jantar durante 30 dias. Seu colesterol disparou e ele viveu mudanças de humor e até disfunção sexual. Como a sua saúde estava em declínio em um ritmo rápido, os médicos insistiram para ele dar fim ao experimento, e foi. Seu corpo demorou cerca de 14 meses para voltar ao normal

Créditos: Divulgação

Natalie Portman como Nina Sayers em 'Cisne Negro'

Natalie perdeu 10 quilos e praticou balé por até 16 horas por dia para seu papel em ‘Cisne Negro’. Com isso, a atriz teve uma série de problemas físicos. As unhas do dedo do pé caíram, seus pés ficaram calejados e ela ainda deslocou uma costela durante um passo de dança.

Créditos: Divulgação

Tippi Hedren como Melanie Daniels em ‘Os Pássaros’

Outro filme de Hitchcock, 'Os Pássaros', de 1963, foi emocionalmente bastante difícil para Tippi. Na clássica cena do ataque de pássaros, a atriz foi surpreendida, pois havia sido informada que os animais seriam mecânicos, mas não eram. Ela sofreu cinco dias com adestradores de aves jogando corvos vivos em seu rosto. Em um momento, Hendren não aguentou quando um dos pássaros cortou sua bochecha e quase bateu no seu olho. O episódio fez um médico pedir a Hendren uma semana de folga, mas Hitchcock não permitira isso.

Créditos: Divulgação

Christian Bale em ‘O Operário’

A clássica foto de Bale completamente desfigurado fisicamente faz parte das preparações de 'O Operário'. Ele perdeu 30 quilos para o papel de um insone anoréxico comendo apenas uma maçã e uma lata de atum por dia. Bale havia perdido tanta gordura corporal que o seu corpo começou a se alimentar de seus músculos.

Créditos: Reprodução

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários