Mulher Maravilha, Batman e Flash estão em nova imagem de Liga da Justiça

Por

Atualizado em 13/07/2017

Liga da Justiça

Reprodução/EW Liga da Justiça

A Entertainment Weekly divulgou hoje uma nova foto do filme da Liga da Justiça, que reúne Mulher Maravilha (Gal Gadot), Batman (Ben Affleck) e Flash (Ezra Miller).

O elenco ainda conta com Jason Momoa (Aquaman), Ray Fisher (Ciborgue), Ezra Miller (Flash), Amber Heard (Mera), Willem Dafoe (Vulko), J.K. Simmons (Comissário Gordon), Jesse Eisenberg (Lex Luthor), Jeremy Irons (Alfred) e Amy Adams (Lois Lane).

A previsão de estreia é dia 16 de novembro.

8 ideias de sequências de filmes que foram rejeitadas

1 de 8
Compartilhe Twitter Google +

Batman

Batman Unchained seria o quinto filme da franquia Batman, com lançamento previsto para o verão de 1999, porém com o fracasso de crítica e bilheteria de Batman & Robin, o projeto foi deixado de lado. O roteiro de Mark Protosevich contava com o Espantalho aterrorizando Gotham City e o retorno do Coringa como uma alucinação. Harley Quinn também estaria na trama, como filha do Coringa, uma vez que ela vingaria a sua morte. George Clooney, Chris O´Donnell e Alicia Silverstone voltariam aos seus papéis de Batman, Robin e Batgirl, enquanto Nicolas Cage provavelmente seria o Espantalho e Madonna e Courtney Love foram consideradas para o papel de Harley Quinn. A franquia Batman só voltaria em 2005, com Batman Begins, de Christopher Nolan.

Créditos: Divulgação

Alien

Depois do sucesso de Aliens – O Resgate, a Twentieth Century Fox estava com muita vontade de transformar Alien em uma franquia e um terceiro filme foi planejado. Porém, muitos problemas de roteiro apareceram no caminho e a ideia foi logo descartada. Uma ideia era a de que os aliens iriam para a Terra e até um teaser desse filme que nunca aconteceu foi feito. Em 1990, Vincent Ward foi contratado para dirigir Alien 3 e criou uma história na qual Ripley (Sigourney Weaver) aterrissaria em um planeta feito completamente de madeira, descobriria um monastério cheio de monges aliens que veriam o Alien como uma punição de deus. Ideia que também nunca saiu do papel. Alien 3 foi lançado apenas em 1992, com direção de David Fincher, e uma bilheteria bem abaixo do esperado.

Créditos: Divulgação

Beetlejuice

Em 1990, a Warner queria que Tim Burton fizesse uma sequência para Beetlejuice o mais rápido possível. No entanto, o diretor não estava interessado em fazer sequências naquele momento, então mandou uma ideia que sabia que o estúdio iria rejeitar: Beetlejuice Goes Hawaiian. No filme, a família Deetz se mudaria para o Hawaii. Michael Keaton retornaria como Beetlejuice e Winona Ryder como Lydia Deetz. Surpreendentemente, a Warner adorou a ideia e Winona e Keaton também demonstraram interesse, contanto que Burton dirigisse. O diretor, no entanto, estava ocupado fazendo Batman O Retorno.

Créditos: Divulgação

Indiana Jones

Em 1984, George Lucas escreveu oito páginas daquilo que se chamaria Indiana Jones and the Monkey King. O filme seria a terceira parte da trilogia Indiana Jones, antes de Steven Spielberg e Lucas criarem Indiana Jones e a Última Cruzada. A história começaria na Escócia em 1937, com Indiana Jones (Harrison Ford) lutando contra o fantasma do barão Seamus Seagrove III antes de ir para a África em busca da Fonte da Juventude, que depois foi substituída pelo Jardim dos Pêssegos da Imortalidade. No fim, Indiana Jones morreria, mas depois seria ressuscitado pelo Rei Macaco (o Monkey King do título). Chris Columbus foi chamado para escrever o roteiro, mas depois de quatro tentativas, Spielberg e Lucas resolveram seguir adiante, pois acreditavam que a sua ideia seria muito difícil de filmar.

Créditos: Divulgação

Roger Rabbit

A sequência de Uma Cilada Para Roger Rabbit seria Roger Rabbit II: The Toon Platoon. Passada em 1941, seis anos antes do primeiro filme, a história mostraria Roger descobrindo que é adotado e se mudando para Hollywood com o seu melhor amigo humano, Richie Davenport, para tentar encontrar seus pais verdadeiros. Chegando lá, ele conheceria Jessica Krupnick, que viria a se tornar a sua esposa. Jessica seria sequestrada por nazistas e Roger e Richie iriam para a Europa durante a Segunda Guerra para tentar resgatá-la. Steven Spielberg achou que a ideia seria de mau gosto, ainda mais depois de ter feito a Lista de Schindler, e descartou o roteiro. A sequência foi completamente cancelada depois dos sucessos de Toy Story e Vida de Inseto e o foco da Disney se voltou totalmente para as animações em CGI.

Créditos: Divulgação

Superman

Antes de Superman Returns, de 2006, muitas ideias de sequências envolvendo um dos heróis mais famosos da DC Comics surgiram, mas todas foram abortadas. A mais famosa foi Superman Lives, de 1996, que teria roteiro de Kevin Smith, direção de Tim Burton e Nicolas Cage no papel do homem de aço. O filme seria lançado em 1998 como parte das comemorações de 60 anos do personagem. Até um documentário, The Death of Superman Lives: What Happened?, foi feito para explicar tudo o que deu errado na produção.

Créditos: Divulgação

Poder Sem Limites

Em 2012 a Twentieth Century Fox contratou Max Landis para escrever uma sequência para o sucesso Poder Sem Limites, daquele mesmo ano. O roteiro era mais sombrio e contava com uma vilã chamada Miranda, que tinha os mesmos superpoderes dos protagonistas do primeiro filme. A sequência ainda está sendo feita, porém com o roteirista Jack Stanley fazendo algo completamente novo.

Créditos: Divulgação

Jurassic Park

Antes do lançamento de Jurassic World, em 2015, a Universal passou boa parte da década de 2000 tentando fazer Jurassic Park IV virar uma realidade. O filme teria dinossauros fugindo para o continente, enquanto um time seria treinado para a missão de resgate. Sam Neill e Richard Attenborough estariam novamente fazendo os papéis de Dr. Alan Grant e John Hammond. Havia um boato de que Keira Knightley também estava no projeto. Jurassic Park IV foi adiado ainda mais depois da greve dos roteiristas de 2007, até ser completamente deixado de lado. Em 2013, Colin Trevorrow, diretor e roteirista, foi chamado e deu uma nova cara para o roteiro de Jurassic Park IV, que acabou se transformando em Jurassic World, uma das maiores bilheterias de todos os tempos.

Créditos: Divulgação

 

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários