Tempos difíceis: Viola Davis conta ter vivido em apartamento com ratos

Por

Atualizado em 4/03/2017

Viola Davis

Viola Davis: uma das atrizes mais festejadas da atualidade já passou por muito aperto. Foto: Divulgação

Leia mais

Quem assistiu Viola Davis recebendo o Oscar de melhor atriz coadjuvante pelo seu trabalho em Um Limite Entre Nós não pode imaginar que ela já passou por momentos difíceis. A intérprete da poderosa Annalise Keating em How to Get Away With Murder contou, em entrevista à revista People, que viveu em um apartamento “infestado de ratos” e disse que não era muito sociável.

“Eu era uma daquelas pessoas que todos conhecem, mas não tinha muitos amigos. Eu não namorava ou fazia nada do tipo. Estava acima do peso e era muito tímida. Eu definitivamente não era atraente e não usava maquiagem”, disse.

A atriz de 51 anos nasceu na cidade de St. Matthews, Carolina do Sul, e se formou em teatro com uma bolsa na Rhode Island College. “Estive sempre procurando por uma maneira para expressar meus pensamentos e encontrei isso no teatro, foi assim que prosperei. Não fosse isso, eu provavelmente teria implodido”, afirmou Davis.

1_a6OKD75

A atriz (de vermelho na imagem) ao lado dos familiares. Foto: Reprodução Instagram

 

viola

Viola nos tempos de estudante de teatro Foto: Reprodução Instagram

Uma carreira vitoriosa

1 de 5
Compartilhe Twitter Google +

Dúvida (2008)

A tarefa era árdua: destacar-se em um filme protagonizado por Meryl Streep. Pois a atriz se saiu muito bem e brilhou como a mãe de um aluno que teria sido molestado por um padre. O trabalhou valeu a indicação de melhor atriz coadjuvante, a primeira de sua carreira.

Créditos: Divulgação

Comer, Rezar, Amar (2010)

Não existe papel pequeno para Viola. Na trama, ela interpretava a melhor amiga da personagem de Julia Roberts, a protagonista do filme. Apesar disso, Viola dominava a cena com seu talento e carisma e se transformava em dum dos principais motivos para o público ir assistir ao longa.

Créditos: Divulgação

Histórias Cruzadas (2011)

A atriz vivia Aibeleen, mulher que trabalhava como doméstica na América dos anos 1960. Criava os filhos da patroa, fazia comida e limpava a casa, mas não podia sequer usar os mesmos talheres. Vinha aí a segunda indicação ao Oscar, dessa vez na categoria melhor atriz.

Créditos: Divulgação

How to Get Away With Murder (2014)

Na série, a atriz vive Annalise Keating, advogada da área criminal e professora de direito em uma universidade de prestígio da Filadélfia. Ao lado de cinco de seus alunos, ela se envolve tramas de assassinatos enquanto tenta manter intacto seu casamento. O trabalhou rendeu o Emmy de melhor atriz em série dramática em 2015.

Créditos: Divulgação

Um Limite Entre Nós (2016)

No longa, a atriz vive Rose, casada com Troy Maxson (Denzel Washington). Ele trabalha recolhendo lixo das ruas e batalha na empresa para que consiga migrar para o posto de motorista do caminhão de lixo. Troy sente um profundo rancor por não ter conseguido se tornar jogador profissional de baseball, devido à cor de sua pele, e por causa disto não quer que o filho siga como esportista. Isto faz com que o jovem bata de frente com o pai, já que um recrutador está prestes a ser enviado para observá-lo em jogos de futebol americano. Rose tem papel fundamental ness embate entre pai e filho.

Créditos: Divulgação

Sugerir correção

Recomendados para você

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários